[ISTE 2018] Inspiração, EdTech e Criatividade

[ISTE 2018] Inspiração, EdTech e Criatividade

O terceiro dia de ISTE começou no salão de Keynote. Antes das Keynotes eles têm feitos algumas Ted Talks e dessa vez foi com o Luis Perez (@eysonaxs), deficiente visual, que falou sobre como a tecnologia o ajudou a chegar onde chegou, como a tecnologia não tornou as coisas mais fáceis para ele, tornou as coisas possíveis. Ele conseguiu fazer um cursos de fotografia, e as fotos dele são incríveis (dá uma olhada no perfil dele no instagram – ). Ele usa apps de reconhecimento facial, por exemplo, e apps como Uber para ir onde quiser para tirar suas fotos. Como isso tem a ver com nós educadores? A mensagem dele é para que nós sejamos a luz para nossos alunos, que iluminemos o caminho deles, que não façamos por eles o que eles podem fazer sozinhos, mas que a gente dê as ferramentas e o encorajamento que eles precisam para seguir seus sonhos.

A Keynote de fato começou com a Katie Martin (@katiemartinedu), autora do livro Learner-centered innovation. Katie falou sobre a necessidade de se construir paixões e interesses dentro da escola e não somente fora da escola. A grande proposta dela foi baseada em “e se?” (what ifs?):  “E se eu puder criar novas e melhores experiências para os aprendizes?” “E se nós empoderarmos nossos alunos a descobrir suas paixões e compartilhá-las com o mundo?”

A ideia é que que todos continuarem a “e se?”, continuaremos a empoderar nossos alunos e eles irão mudar o mundo. Muitas vezes nós focamos no que está errado nas pessoas e é preciso mudar isso. E se conseguirmos criar as condições para empoderar nossos alunos a encontrar as perguntas certas?

Depois da Katie veio o Michael Cohen (@TheTechRabbi), com slides incríveis, falar sobre criatividade e inovação. Para ele, não se chega em inovação com conhecimento e habilidade sozinhos – você precisa acreditar em você e acreditar em algo maior que você, acreditar que pode criar alguma coisa. E para isso é preciso ter a oportunidade de se arriscar, experimentar e desenvolver habilidades. Muitas vezes nossa criatividade é banida pelo medo de sermos julgados pelos outros, e muitas vezes quem está nos julgando somos nós mesmos. Michael foi além e disse que a sala de aula precisa ir além das 4 paredes, que o aprendizado precisa ser constante e que a criatividade é social e colaborativa e não pode ficar restrita aos 20%!

David Ross e Dayna Laur sobre PBL (Project-based Learning ou aprendizagem baseada em projetos) e a integração com tecnologia. Para eles, não importa na verdade se é aprendizagem baseada em problema, projeto ou desafio, o importante é que o foco seja em desenvolver a criatividade dos alunos, corroborando o que já vinha sendo falado desde cedo. Quando se pensa em tecnologia, é preciso se questionar como as ferramentas desafiam os alunos na questão da criatividade. Na questão de avaliação, eles trouxeram a single-point rubric como uma opção interessante (https://www.cultofpedagogy.com/single-point-rubric/)

Ainda deu tempo para uma caminhada pelo Expo Hall para ver um pouco das novidades. O Google for Education fez vários lançamentos e updates durante o ISTE, dá pra ver tudo aqui: https://blog.google/outreach-initiatives/education/live-iste-12-google-education-launches-save-time-creativity/O programa deles Be Internet Awesome, de cidadania digital, por exemplo, agora está disponível em Português! E eles tem também um curso online no Coursera de produção de vídeo em VR! https://www.coursera.org/learn/360-vr-video-production

Já conhecem o Pear Deck? É um add on massa pra criar interatividade com a audiência no Google Slides. Dá pra fazer perguntas, pedir pra mover a bolinha pra um lugar no slide etc.

O Merge Cube era a grande sensação do ISTE – já garanti o meu! O mais legal deles é o Merge VR, o óculos de realidade virtual deles. Ele é todo feito de material maleável, tipo material de Nerf, ou seja, caiu no chão não quebra nem ele nem o telefone! E ainda tem botão, tem lente adaptável. É demais!

Isso foi só um pouquinho do Expo Hall, que é enoooorrrme e tem que marcar com estrelinha o que a gente quer ver! rs

Mais um dia de ISTE e mais uma vez voltamos no tópico da criatividade… E aí? O que você tem feito na sua sala para promover criatividade? O que você pode fazer pra desenvolver a sua criatividade também?

………..

Confira as novidades de cada dia da Roberta no ISTE 2018.

Carla Arena
Carla Arena

Malabarista, curiosa, eterna aprendiz, geek, educadora. Carla é apaixonada por aprender e retribuir. Por isso, se tornou professora e focou em desenhar experiências de aprendizagem para educadores e gestores. Carla sente-se privilegiada em ter trabalhado por 17 anos em uma Binacional em Brasília, a Casa Thomas Jefferson, onde foi Coordenadora do Departamento de Inovação e Tecnologias. Adora estar cercada por pessoas que a inspiram. Para Carla, ser AMPLIFICA significa começar movimentos, conectar educadores e profissionais fantásticos em busca de novos horizontes no meio digital.

No Comments

Post a Comment

Comment
Name
Email
Website

quatro × 3 =