Ampliflix #41 – 7 Ideias para o Uso do Instituto Cultural do Google na Sala de Aula

Ampliflix #41 – 7 Ideias para o Uso do Instituto Cultural do Google na Sala de Aula

Ideias para explorar o Instituto Cultural do Google

E como o Instituto Cultural do Google pode entrar na sua escola, na sua sala de aula? Ou talvez a pergunta seja, como posso utilizá-lo para levar meus alunos em aventuras incríveis, em lugares inexplorados, em exposições belas e instrutivas? Aqui vão algumas ideias que imaginamos para explorar esta super plataforma digital que é um baú de tesouros do mundo.

  • Como inspiração para mudar algo no ambiente de aprendizagem. Por exemplo, usar a exposição sobre o Holi na India para trazer mais ideias e mais cor às áreas externas da escola.
  • Explorar lugares incríveis em que cada aluno escolhe o seu e depois ele utiliza o lugar escolhido para criar uma história. E quem sabe conecta com um personagem histórico que encontrar por lá?
  • O professor cria uma galeria para explorar certo período artístico e depois os alunos criam suas galerias e compartilham no Google Classroom. Já fiz o meu Carla’s Exhibit. Que tal fazer o seu e compartilhar com a gente nos comentários?
  • E aquela sensação de realmente estar em um lugar com um tour 360º? Dá uma olhada neste aqui no Opera House de Sydney
  • Brincar com o “Experiments” é simplesmente sensacional. No X graus de separação, você escolhe dois objetos e vê o histórico de um se linkando ao outro. E que tal depois de navegar por lá para os alunos criarem os seus próprios graus de separação entre as coisas?
  • Os temas e os projetos são também uma inspiração para que posteriormente haja projetos temáticos desenvolvidos pela turma, talvez se inspirando em algumas das exposições virtuais.
  • O agrupamento das coleções, por exemplo, dá para puxar por cores, linha do tempo ou popularidade. Já pensou trabalhar cores utilizando o Instituto Cultural do Google?

 

E você, com toda esta riqueza cultural, histórica, regional o que pretende fazer?

Carla Arena
Carla Arena

Malabarista, curiosa, eterna aprendiz, geek, educadora. Carla é apaixonada por aprender e retribuir. Por isso, se tornou professora e focou em desenhar experiências de aprendizagem para educadores e gestores. Carla sente-se privilegiada em ter trabalhado por 17 anos em uma Binacional em Brasília, a Casa Thomas Jefferson, onde foi Coordenadora do Departamento de Inovação e Tecnologias. Adora estar cercada por pessoas que a inspiram. Para Carla, ser AMPLIFICA significa começar movimentos, conectar educadores e profissionais fantásticos em busca de novos horizontes no meio digital.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.